quarta-feira, 9 de março de 2011

32° Capitulo

Por: Lívia Stramare
— É isso o que sinto por você — disse Demi, baixinho.
— Acho que o amor, o verdadeiro amor, estimula a todos da mesma forma. — Inclinou-se ainda mais para dizer-lhe carinhosamente: — Como posso negar a coisa mais maravilhosa do mundo, um amor que me diz ser você a mulher pela qual esperei toda a minha vida?
— E você, Joseph, é o Príncipe Encantado com o qual sempre sonhei!
Não pôde terminar a frase, porque os lábios dele calaram os seus, enquanto a cingia nos braços. Então, Joseph sentiu despertar dentro dele uma sensação de enlevo diferente de tudo quanto sentira antes. E, assim como Demi, compreendeu ser aquilo o êxtase originado de Deus.
O que ela sentia pelo duque assemelhava-se ao sol deslizando sobre o horizonte, deslumbrante e glorioso, desferindo seus raios para o céu, enquanto as estrelas brilhavam ante a sua glória.
Sentia como se ele captasse seu coração e sua alma por entre seus lábios. Seus braços fortes proporcionavam-lhe a segurança que não sentia desde a morte dos pais. Nunca mais se sentiria só e com medo.
O duque ergueu a cabeça para olhá-la. Tal qual os raios de sol, a felicidade refletia-se em seus olhos. Sussurrava baixinho seu amor por ele. Repetia as palavras que dissera mil vezes durante a noite, sem acreditar que poderia dízê-las a ele um dia.
— Eu também a amo, minha adorada, minha querida. O que teria sido de mim, se nunca a tivesse conhecido? Se Shaw nunca tivesse escrito Pigmalião, e se seu tio e Archie nunca tivessem discutido?
— Talvez fosse meu destino vir a Mere — disse Demi. — Mas penso que foi ele quem nos reuniu.
Sorrindo-lhe sedutoramente, ela disse:
— Talvez eu pudesse vir a salvá-lo de ser atropelado por um carro ou esmagado por um trem!
Ele riu e observou:
— Terá a vida inteira para fazer isso. Quanto a mim, prometo que a protegerei contra tudo que possa escandalizá-la e magoá-la.
— Mas… não posso pedir-lhe que mude toda a sua vida.
— Você não só a mudará, mas também transformará as vidas daqueles que nos interessam como amigos. Os outros, não importa.
Ao dizer isso, lembrou-se de como Demi já alterara a vida da marquesa de Nina e a de Jack Gilmour. A de Taylor Fane, que agora teria alguma coisa com que se preocupar, além de correr atrás de mulheres. Quanto a sir Nick, tomara inesperadamente uma decisão que poderia evitar no futuro o mau procedimento da esposa.
Era incrível o que uma pessoa tão pequena podia fazer, só porque suas idéias eram honestas e, talvez, conforme ela mesma acreditava, por ser auxiliada por um poder dado por Deus.
— Tem mesmo certeza de que… seria certo casar-se comigo? — insistiu Demi.
— O errado seria não me casar com você! Mas, certo ou errado, tenho intenção de torná-la minha esposa, e nada e ninguém me impedirá!
Falou isso com tal decisão que fez Demi olhar para ele com admiração, dizendo-lhe:
—Joseph, eu o amo… quando você está assim.
— Assim, como?
— Forte e autoritário. De início eu o julgava um dominador. Mas é como deveria ser. Um líder para o qual todos olham e admiram.
— Vai tornar-me um presunçoso — disse ele, sorrindo. — Mas sei que não poderei ser nada disso se você não estiver comigo.
— É o que mais quero… porém…
— Nada de “poréns”! — interrompeu-a o duque. — Você quer que eu seja autoritário e é isto que sou! Pretendo torná-la minha esposa o mais depressa possível, a fim de ficarmos juntos para sempre! Aí então ensinaremos um ao outro tudo sobre nosso amor. No que me toca, tenho muito a aprender.
Sem deixá-la responder, seus lábios sequiosos procuraram os dela. Beijou-a intensamente, com mais impetuosidade que antes, como se quisesse afastar qualquer temor que ainda sobrevivesse em seu íntimo, e que no último momento pudesse escapar-lhe.
Demi sentiu que aquele sol que vira nascer ardente e rubro no horizonte estava agora nos lábios dele e refletido em seus olhos. Percebendo o quanto ele se mostrava carente de amor, aproximou-se cada vez mais, até ter a sensação de que se tornara parte integrante de seu corpo, sua mente e sua alma.
Compreendeu então que aquele era o verdadeiro amor, descrito por seu pai, e que tantas vezes rezara para encontrar. Sabia não ter importância, se o homem amado fosse um duque ou um mendigo. E, embora achasse Mere maravilhosa com todos os seus tesouros, era o duque que enchia toda a sua existência.
Ele a beijou, até fazê-la sentir que se afastara do mundo. Era como se ele a tivesse levado do telhado de Mere para o céu, e estivessem juntos no coração do sol.
— Meu Deus, como posso amá-la tanto! — exclamou ele finalmente, com voz trêmula de paixão. — Diga-me quando quer casar-se comigo, querida, pois não posso esperar sua decisão para tê-la junto a mim dia e noite.
— Estou pronta para casar-me… imediatamente! -Ele achou graça.
— Era isso exatamente o que desejava ouvir. Preciso, entretanto, de algum tempo para tratar do casamento, e suponho que devo pedir a autorização de seu tio.
Notando uma expressão diferente em Demi, perguntou:
— Querida, o que está preocupando-a?
— Pode pensar que é tolice… mas assusta-me uma cerimônia com todos os seus amigos. Estragariam o que sinto por você… e você por mim.
Ele pensou que um pouco antes talvez não entendesse o que Demi estava dizendo. Agora, porém, o amor que sentia por ela era tão precioso, tão sagrado, e sua beleza tão delicada quanto a pétala de uma flor, que nada, material ou mundano, deveria deturpá-lo. Ouviu-a então dizer em voz baixa:
— Quando nos casarmos, quero que a igreja esteja repleta, mas da presença de Deus, e de Seu amor. Não de pessoas.
— E assim será, minha adorada. Nós nos casaremos depois de amanhã, na igreja onde fomos rezar no domingo. Está feliz?
— Será maravilhoso! — exclamou Demi. — Mas… suponhamos que tio Nicknão concorde?
— Concordará, sim. E você não precisará voltar para Londres na quinta-feira. Providenciarei uma licença especial e não precisaremos contar a ninguém o que estamos fazendo, até tudo terminar. Então, você será minha.
Embora soubesse que era uma covardia, Demi não conseguia suportar a idéia de que Ashley Hellingford pudesse ter a chance de fazer uma cena, ao saber que eles iam se casar. Tampouco desejava que os amigos de Joseph caçoassem ou fizessem comentários jocosos a respeito deles.
Porém, mais do que tudo, não desejava a presença de mulheres iguais à viscondessa, ou talvez sua tia, que consideravam o casamento uma coisa fútil, sem importância. O casamento era um sacramento de amor, como seu pai dissera que devia ser.
Observando a expressão em seus olhos, o duque disse:
— Deixe tudo por minha conta, querida. Sei o que está conjeturando, e penso do mesmo modo. Nós nos casaremos apenas com a presença de seu tio. Será ele quem deverá entregá-la a mim. E então, em nossa lua-de-mel, eu a levarei para minha casa à beira-mar, onde estaremos completamente sozinhos para pensar só em nós mesmos.

**************
 
Respostinhas:

Heloisa: HAAH eu não gosto de você assim, eu AMHU!!!!!!!!!!! Haha você tbm é a MELHOR! Haha por que? Adoro seu jeito maluko de não se controlar! Haha eu tbm tooo HAAA parece mesmhu? Nusss.... haha bom parecidaaaaaaaaaaaaaa parecida não é não, é parecida... Haha eu NUNCA NUNCA NUNCA sem se o Joe tivesse falado isso eu queria ele pra mim... aii eu to triste com ele ainda... Eu espero tbm... *-* Beijins de estrelas! Te amhu!

Paola: HAAAAAAAAAa eu tbm te amhu muitooooooooooooo! HAHA than´s, você que tem bom gosto ###POSTANDO### Beijins de estrela pra você minha diva e minha best! *-*

4 coment´s... Espero que estejam amando! *-*

Beijins de estrelas.

Amhu vocês.
Ass:Lívia

6 pensamentos:

Heloisa_jemi.Nelena on 9 de março de 2011 16:59 disse...

amando e pouco estou adorando adorandooooooooo e maravilhosa sua historia maravilhosa

Heloisa_jemi.Nelena on 9 de março de 2011 16:59 disse...

eu mau posso esperar pra vc postar o proximo eu so vou sair daqui epois que vc postar o proximooooooooooo

Heloisa_jemi.Nelena on 9 de março de 2011 17:00 disse...

eu amo sua historiaaaa ai que lindo o joeeeee ele e mto fofo amo ele haaaaaa

Heloisa_jemi.Nelena on 9 de março de 2011 17:02 disse...

eu acho que a outra que vou gostar da outra historia amigaa se essa foi boa a outra vai ser otimaaaaaa eu amo esse blog ele me faz sonharrr kkkkkk
bjossssss

Heloisa_jemi.Nelena on 9 de março de 2011 17:03 disse...

amuuu vc bestttttt e fui a primeira de novoooo kkkkkkkkkkk bjossssss

monalisa on 9 de março de 2011 17:58 disse...

Perfeitooooooo !!!
posta posta posta posta !!!
bjssssssssssssssssssssssss :)

 

Meu primeiro e único amor. Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting